Sois astros vagando errantes pelo espaço.
Quem há de vos reunir
De gravetos soltos; ao porvir
Em um só feixe, um só maço?

A luz cristã, enfraquecida, bruxuleia
Em vossos corações gentis.
Como avivar a chama de Assis
Se ainda vosso espírito na indecisão se enleia?

Inúmeras lutas por certo vos aguardam,
Ao invés dos vãos sonhos que a vós retardam,
Aguardamos, entretanto, o sereno e indomável ímpeto.

Se vos amedronta abandonar a manada,
Seguirdes decididos A Iluminada Estrada,
Recordem ‘Senhor da Vida‘, de Jesus, o epíteto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s