Maria de Nazaré

Alma formosa e bela,

Ave real dos celestes cimos.

A todos ama, a todos vela,

A todos inspira primorosos hinos.

 

Ser que mergulha profundo

Nas mais densas trevas

Para Deus, para o mundo

Libertando as almas, libertando em levas.

 

Amiga dos necessitados, dos loucos, dos abandonados.

Ajudam os abnegados, tão poucos, os devotados.

Seu coração, seu amor, seu olhar que cura…

 

A multidão lhe busca a vibração divina

Envolvente, serena luz cristalina.

Toda paz, toda bondade, caridade pura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s